JT 2011

________________________________________________________________________

CASO DE PLÁGIO + FAKE NEWS

Em 16/08/2011, na onda da chamada “faxina nos ministérios” (ver charges acima), Diogo Salles publicou esta charge em sua coluna na página 2 do Jornal da Tarde.

 

Cinco anos depois, em 26/08/2016, o senador Lindbergh Farias reproduz a imagem em seu mural no Facebook, cortando a assinatura de Diogo e descontextualizado o sentido da charge. Às vésperas do impeachment da presidente Dilma, diz ele: “Charge publicada no New York Time dá a exata dimensão da desmoralização internacional do golpe”.

 

Pouco depois, sites e blogs governistas dão a “notícia”, citando o senador como fonte.

Informado através das redes sociais, Diogo Salles mandou um e-mail ao escritório do NYT no Brasil, relatando os fatos com prints em anexo, mas o jornal não tomou qualquer medida a respeito.

A imagem continua publicada na página do senador.