Livros

Trágico e Cômico: os protestos em charges
O livro que chacoalhou certezas

As manifestações de 2013 sacudiram o Brasil em todos os sentidos. Cientistas políticos perderam o rumo, políticos perderam o chão e a sociedade perdeu a cabeça.

A despeito de algumas vozes antidemocráticas, quem esteve na rua percebeu que a voz da maioria trazia um sentimento em comum: o da insatisfação. Mas não uma insatisfação canalizada em uma pessoa, partido ou governo, e sim no estado de coisas e na mentalidade atrasada da classe política. Os estádios de primeiro mundo e os serviços públicos de terceiro mundo foram os dois ingredientes que, combinados, entraram em combustão.

Foi em meio a esse contexto que Diogo Salles lançou, em maio de 2014, o melhor de seus cinco anos de trabalho como chargista do Jornal da Tarde. Se todas as demandas das ruas não cabiam em um único cartaz, a maior parte delas coube neste livro.

Trágico e Cômico é leitura recomendada a quem quer conhecer melhor os intestinos de nossa política, questionar nossa sociedade e entender o Brasil de uma forma crítica, sem perder o humor.

Compare preços no Buscapé

 

Trágico e Cômico na mídia

Manhattan Connection | Carta Capital | Digestivo Cultural

Amálgama | De tudo um pouco | Reality of Books

 

Eventos e debates

Trágico e Cômico: um olhar sobre o país da copa e dos protestos
Debate – Livraria Martins Fontes (02/07/2014)
com Eduardo Baptistão e mediação de Julio Daio Borges

 

Trágico e Cômico: entre o extremismo e o analfabetismo político
Entrevista – Livraria FNAC (31/07/2014)
com Joyce Moysés

 

_______________________________________________________________________________

corruPTos?… mas quem não é?

Lançado em 2006 de forma independente, corruPTos?… mas quem não é? se notabilizou como a antologia em quadrinhos que entrou fundo nos anais da política brasileira. Uma retrospectiva sarcástica e bem-humorada dos principais acontecimentos políticos do primeiro mandato do presidente Lula.

A semelhança de Lula com FHC, o episódio dos dólares na cueca, a queda dos homens fortes do PT, a rinha de galo entre Bob Jeff e Dirceu (comandada por Duda Mendonça) e outros escândalos da república, numa linguagem que mistura quadrinhos com charge política.

corruPTos?… recebeu uma indicação ao 19º Troféu HQ Mix na categoria “Publicação de Charges”. O trabalho levou o autor a ser colunista do Digestivo Cultural e, posteriormente, a ser chargista do Jornal da Tarde.

Compre aqui

Resenha no Digestivo Cultural

Anúncios